30 de set de 2010

Lerê, Lerê

Há duas semanas estou fora de casa, em uma viagem a trabalho em Manaus. Tenho trabalhado muito, mas muito mesmo. E como nada é tão ruim que não possa piorar, o agravante é ter que trabalhar como um mouro sob um sol de rachar. É quente, mas tão quente, que chega ao ponto de o "causo" mais contado por aqui fala da pessoa que morreu aqui, foi pro inferno e voltou pra buscar um casaco! =)

Eis uma foto pra mostrar o todo o aparato que tenho que usar, sob um sol de mais de 40ºC:



E como nada é tão ruim que não possa piorar ainda mais, tenho trabalhado muito, mas muito mesmo, debaixo de um calor escaldante e tendo que me alimentar de uma culinária a base de peixe e um tempero que me não me faz nada bem. Meu organismo já dá sinais claros de rejeição ao tempero local, embora até agora não tenha descoberto se a culpa é do coentro, do cheiro verde ou da combinação deles. Na dúvida, evito ao máximo os dois.

Mas tudo bem, vida que segue. Já passei por isso em dezembro do ano passado e nem morri! =) O lado bom da história é que tenho aprendido muito, como em todas as visitas às refinarias que tenho feito. Fora isso, meu único dia de folga em duas semanas foi muito recompensante! Fiz um passeio fantástico de barco! Total turista, mas mesmo assim valeu a pena! =) Desci o Rio Negro até o encontro das águas com o Rio Solimões, depois desci ainda mais até uma ilha, onde fiz uma trilha pra ver as vitórias-régias e almocei num restaurante flutuante à beira do Rio Amazonas. O passeio terminou com o retorno rio acima, de volta a Manaus. Infelizmente minha câmera ficou em casa e as fotos foram feitas com o celular, o que não impediu de registrar as belezas do passeio:



Mesmo com toda a correria e cansaço do trabalho, esse passeio valeu muito a pena!

4 de mar de 2010

A volta


Depois de um longo período de silêncio, volto aqui pra registrar algumas coisas interessantes. Algo como um "melhores momentos" desde o último post: uma viagem de duas semanas a Manaus, que rendeu ótimos frutos no lado profissional; réveillon vendo os fogos de Copacabana de dentro do mar; carnaval sem músicas de carnaval; férias, que merecem um post à parte.
Como uma imagem vale mais que mil palavras, aí vão elas:

Em Manaus junto com um colega de trabalho, com o encontro das águas ao fundo.

Réveillon 2010 em Copacabana, vendo os fogos a bordo de uma escuna.
Carnaval 2010. Festa com DJ Offer Nissim na Fundição Progresso.

24 de ago de 2009

Das definições


Lafayette é um cara que, digamos, está longe de ser um modelo a ser seguido. Ao ver a surpresa das pessoas ao redor quando ele termina uma oração feita para uma pessoa querida e próxima, ele diz:

"Jesus and I agreed to see other people, but that don’t mean we don’t still talk from time to time."
True Blood, S02E10.

Acho que essa é uma das melhores definições sobre como eu encaro a religião na minha vida.

10 de ago de 2009

Uma história em imagens

O desafio: Circuito das estações Adidas 2009 - etapa inverno
Modalidade: 10 km

O percurso

O início, pós-aquecimento

A largada
10 km depois, a chegada


O resultado


O resultado é o de menos. O melhor de tudo foi a faceirice antes, durante e depois!
E em outubro tem outra!


14 de jun de 2009

Dentes de leite

Hoje recebi a dica de um blog muito, mas muito legal, que resolvi compartilhar.
Dá uma olhada:

mymilktoof.blogspot.com

Diz aí, o que você fazia com seus dentes de leite?

9 de mai de 2009

Wild mood swings




Tem dias que eu acordo assim, alternando entre alguns momentos de alegria e descontração e outros, de total ostracismo. Tem dias que eu sinto um nó no peito. Tem dias que eu transbordo de felicidade. Tem dias que são as lágrimas que transbordam os olhos. Tem dias que são melhores que outros, tem dias que os momentos alegres superam os de ostracismo e vice-versa. E tem os dias que são tudo-ao-mesmo-tempo-agora.
Hoje foi um desses dias. Parecia que ia ser mais uma sexta-feira normal, aquela expectativa do fim-de-semana... mas acabou não sendo bem assim. Numa conversa aparentemente boba no fim do dia de trabalho, acabei lembrando do dia do aniversário do Dudu (use a barra de rolagem para maiores detalhes). E acabei lembrando como por vezes o meu relacionamento com meus pais é complicado e como isso se reflete no meu relacionamento com outras pessoas. E deu, já foi o suficiente pra engasgar de leve.
Depois, fui ao cinema.
Depois, esqueço o nó no peito passando um tempo muito agradável com meus amigos.
Depois, volto pra casa e leio um email que me deixou desconcertado, mas muito muito feliz. E pronto, já engasguei de novo. Fazer o quê?
Depois, acabei vendo um episódio de uma das séries de TV que acompanho. E foi aí que os olhos transbordaram (pode dizer que é coisa de mulherzinha, I just don't care).

Ai, ai... acho que agora vou dormir. E torcer pra amanhã acordar um pouco menos inconstante.

8 de abr de 2009

Ansiedade


Momentos de decisão, em breve trarei notícias!

Por enquanto, torçam por mim pra que tudo dê certo!!!